O que é o inbound marketing

23 mar 2021 Lead Force

Você sabe o que é inbound marketing? Também chamado marketing de atração, ele é um conjunto de estratégias que visam atrair o cliente usando conteúdo relevante. Diferente do que é praticado no marketing convencional, em que a empresa vai até o cliente, nessa estratégia é o cliente toma conhecimento de sua marca, através de redes sociais, postagens de blog e outros recursos.

Mas por que o inbound pode ser interessante para minha concessionária? Vale o investimento? Não seria melhor seguir investindo em mídias tradicionais? Essas e outras perguntas vão ser respondidas no conteúdo abaixo.

Afinal, o que é o inbound marketing?

O nome, marketing de atração, vem do fato de que o objetivo dessa estratégia é atrair o cliente até você. Usando redes sociais, conteúdo postado em diversos canais e outros, o cliente toma conhecimento de sua concessionária e o procura.

Como foi o cliente que veio até você, o relacionamento resultante é bastante diferente do usual. Ele não o vê somente como um vendedor, mas também como alguém capacitado, que entende o mercado e merece confiança. E essa confiança é uma abertura de porta.

Diferente do cliente que é relutante em receber materiais, e se sente muitas vezes invadido, o cliente atraído pelo inbound marketing tem uma resposta positiva. Como ele sente que seu conteúdo é útil, eventuais ofertas são recebidas com mais tranquilidade.

Características do inbound marketing

Para alcançar seus objetivos, o marketing de atração resulta em um relacionamento muito mais próximo de seu público. O resultado é uma comunicação mais aberta e constante, onde, muitas vezes, é o público que inicia o debate. Também resulta em um engajamento maior, visto o aumento do interesse.

O inbound marketing no mercado automotivo

O inbound marketing funciona tão bem no mercado automotivo quanto funciona em qualquer outro. Apesar de valores mais altos que a média, o cliente ainda quer ser informado sobre o que vai comprar. E relacionamento com o cliente ainda é fundamental para converter.

Sua concessionária precisa, se ela quer fazer marketing de atração, saber divulgar sua marca e entender como o público pensa e o que quer e isso a Lead Force poderá te ajudar a estruturar e montar de forma clara e objetiva todos esses processos.

Benefícios do marketing de atraçã

A adoção dessa estratégia de marketing gera uma série de benefícios para sua concessionária. Conheça a seguir:

Atingir o público certo

Quando você faz uma boa estratégia de inbound marketing, você aumenta o seu número de visitas no seu site, landing page e portais, e sua concessionária já tem um site que de fato seja a melhor experiência de navegação?  Quanto mais conteúdo de qualidade que você produz, maior será esse aumento. Mas visitas por visitas não significa tanto nessa estratégia.

O importante não é só trazer mais público, mas que esse público seja qualificado. Não adianta aumentar o número de visitas em seu site se elas não consomem. Para isso, é importante trabalhar com conteúdo segmentado. Fazer conteúdo pensado para atingir seu público. 

Empresas que produzem conteúdo voltado para seu nicho conseguem gerar um número de leads maior do que aquelas que não o fazem.

O que isso quer dizer para a sua concessionária: você vai trazer mais visitas para seu site. E vai trazer mais visitas de qualidade, que realmente querem — ou pelo menos estão pensando na possibilidade de — comprar um veículo, ou realizar um serviço com você.

Aumento da confiança

Quem ganha muita ênfase no marketing de atração é o relacionamento com o cliente. Como a estratégia consiste em apresentar conteúdo que interessa ao possível cliente, isso cria uma relação de confiança. E é mais fácil vender quando a pessoa confia em você.

A maioria das pessoas não se importa com opiniões de vendedores, elas acreditam que eles estão tentando empurrar algo para elas. Mas a opinião de alguém que é uma autoridade no assunto, que eles confiam? Essa, elas estão dispostas a ouvir.

Por isso também a criação de conteúdo é importante: as pessoas estão mais dispostas, hoje, a procurar no Google o que querem saber, ao invés de perguntar para um vendedor. E se você está no Google, você larga em vantagem.

Essa confiança a mais é ainda mais importante quando você trabalha vendendo itens mais caros. Veículos não são comprados de maneira leviana. Para fazer esse tipo de investimento, o cliente precisa se sentir seguro. E você pode ajudar com essa segurança.

Aumento da persuasão

Outro benefício do inbound marketing é que ele aumenta seu poder de persuasão. O usuário já consumiu seu conteúdo, ele foi educado por ele. Talvez não concorde com tudo, mas vai ser bem mais receptivo ao que você fala.

Como essa relação foi construída com o passar do tempo, o cliente vai ouvir você com atenção. O resultado do trabalho de inbound vai ser visto na hora de fechar o negócio.

Esse é outro ponto que favorece bastante as concessionárias que trabalham com marketing de atração. De novo, essa estratégia aumenta a confiança que o cliente tem em você, e com ela, o seu poder de persuasão sobre ele.

Aumento no valor gasto por cliente

Clientes que são qualificados e estão bem informados têm a tendência de gastarem mais em suas compras. Eles passaram por um processo que explicou a importância do produto, então tem noção do seu valor. 

Portanto, quando os clientes são atingidos pelo marketing de atração, eles acabam aumentando o valor que estão dispostos a pagar. 

Tempo de venda mais curto

Quanto mais tempo o lead leva na jornada de compra, maior é seu custo de aquisição. E um dos objetivos do marketing de atração é reduzir esse tempo. 

Como o usuário está consumindo material sobre o seu produto, ele já está se informando a respeito. Ele vai percorrer o funil de vendas muito mais rápido. Quando chegar a hora da decisão, ele já sabe o que quer. O trabalho do vendedor é só aparar arestas.

Ou seja, além de aumentar o número de vendas e o valor gasto por cliente, a estratégia de atração também reduz o custo de aquisição. 

As etapas no inbound marketing

Quando falamos de jornada de compra, precisamos entender que ela é o caminho que o cliente percorre até a tomada de decisão. Quando você cria uma estratégia de inbound marketing, é preciso pensar que as etapas são um pouco diferentes daquelas que estamos acostumados. Elas são: atrair, converter, relacionar, vender e analisar. Saiba mais sobre elas:

Atrair

O primeiro passo da jornada de compra no inbound é simples: basta atrair o visitante para o seu site. Sem visitas, não tem leads, então é preciso que o cliente chegue até você.

É importante perceber que “trazer o cliente” não significa só aumentar o número de visitas. É preciso criar um ambiente que torne interessante para o cliente visitar seu site. Ele precisa entrar e querer ler seu conteúdo, se informar. Só assim ele vai seguir adiante na jornada.

Não se trata de apenas escrever conteúdo que você acredita que vai aumentar o número de acessos orgânicos. Se trata de pensar em que tipo de conteúdo as pessoas querem receber de você. Como sua concessionária pode ajudar seu público. Isso sim vai trazer visitas.

Converter

O cliente já deu o primeiro passo, ele já foi atraído por você. Agora ele precisa dar o segundo: se tornar um lead. Isso é o passo de converter, é fazer a ação que fará com que ele deixe seus dados com você.

O que você vai oferecer depende. Pode ser um formulário com informações de um veículo que ele está procurando, um ebook com dicas para a hora de comprar um carro. O que importa é que aconteça a troca: ele oferece seus dados e recebe a recompensa.

Lembre-se sempre da jornada: você quer as visitas, o passo um, mas sem a conversão, elas não servem para muita coisa. O visitante pode não deixar os dados no primeiro momento, mas seu objetivo final é que ele seja convertido. Sempre trabalhe nesse sentido.

Relacionar

Agora você já tem o contato de seu possível cliente. Ele é oficialmente um lead. Agora é preciso saber o que fazer com esse contato. Lembre-se sempre que, muitas vezes, o cliente não está pronto para ser convertido.

O seu objetivo é criar um relacionamento com esse lead. Para isso, o marketing digital oferece ferramentas para você, como e-mail marketing, newsletter, promoções e outros.

Veja também

Os leads chegaram, e agora? Entenda como aumentar sua chance de conversão

Relacionamento com o cliente

Dicas para transformar leads em clientes com gatilhos mentais

Vender

Com base nas informações adquiridas nas etapas anteriores, agora é a hora de vender. Para isso você vai precisar entender o comportamento do seu lead. Entender o seu perfil e suas necessidades, para fazer a melhor oferta.

Esse lead sempre procura um tipo específico de veículo ou serviço quando entra no seu site? Pesquisa modelos semelhantes, ou o mesmo modelo várias vezes? É preciso entender o que falta para ele fechar, e começar a trabalhar para fechar essa venda.

Essa é a etapa de venda, mas não é a última da jornada.

Analisar

A jornada do inbound marketing não termina com a venda. Agora é a hora de analisar todo o processo. O que foi positivo, o que foi negativo, o que precisa ser melhorado para os próximos leads.

Existem ferramentas que permitem você analisar isso com mais exatidão do que só uma análise superficial. Quantas vezes ele entrou em seu blog? Quanto tempo até preencher o formulário? E quanto material recebeu até decidir pela compra? Tudo isso você precisa saber. Até para saber o que está funcionando e o que não.

Agora você entende o que é o inbound marketing? Conheça A Lead Force, a multiplataforma de de marketing e estratégias digitais automotivas que mais gera e converte leads no Brasil. Acesse nosso blog para conhecer dicas para melhorar os negócios de sua concessionária


Lead Force

A Lead Force é uma empresa de Marketing Digital especializada em Performance com foco em: Captação, Gestão e Conversão de Leads.

       

Receba o nosso conteúdo