Cinco erros em E-mail Marketing que podem prejudicar sua estratégia

11 jan 2022 Karina Rauta

Você sabe que construir uma campanha de marketing para um lançamento ou divulgação de um produto ou serviço é trabalhoso. 

Às vezes, são meses de construção estratégica que envolvem tempo e dinheiro, porém é uma ação que traz resultados. Mas você já pensou em gastar recursos e na hora do envio, um erro de configuração de e-mail ou segmentação, prejudicar todo o seu trabalho? 

Apesar de ser algo negativo, alguns erros básicos costumam ocorrer com frequência e afetar o desenvolvimento de uma ação estratégica. 

Pensando nisso, reunimos 5 dicas sobre como evitar os principais erros de e-mail marketing para que a sua concessionária alcance os melhores resultados. 

1- Não segmentar seus clientes 

Segmentação ausente ou equivocada pode resultar na perda de clientes

Faz sentido vender um capacete para quem não anda de moto? Não! Conhecer e entender quem é o seu público-alvo e segmentá-lo é o primeiro passo para garantir o sucesso de sua estratégia. Uma jovem de 20 anos, não vai estar interessada nos mesmos modelos de veículo que um homem na casa dos 60 anos, pois seus objetivos e necessidades vão ser específicas do seu contexto socioeconômico. 

Uma lista de e-mails não segmentada pode impactar negativamente seus resultados. Um estudo da Hubspot revelou que 78% dos consumidores cancelaram a assinatura de e-mails por conta de se sentirem invadidos. Outro estudo, mostrou que 21% se desescrevem quando consideram que o conteúdo recebido não é relevante para eles.  Segmentar seu público e personalizar os envios vai garantir que suas estratégias de nutrição sejam efetivas e que seus e-mails não sejam enviados para o spam. 

As vantagens da segmentação 

Segmentar seu conteúdo aumenta as oportunidades de transformar um lead em cliente. Por isso, ao enviar um e-mail marketing, faça a seguinte pergunta: meu público quer receber esse conteúdo? 

Se você não souber responder a essa pergunta, uma equipe especializada em Marketing Automotivo pode te ajudar. A Lead Force oferece para seus clientes um plano estratégico com visão e ação em 360°

A solução de gestão de leads em 360° consiste em uma consultoria para a sua concessionária que conta com um diagnóstico e com uma estratégia sobre como captar, atender e gerir leads. Nós vamos te ajudar a identificar os perfis dos seus leads e preparar sua equipe para atendê-los e entregar aquilo que eles procuram. 

2-Mandar muitos e-mails 

Excesso de envios é a principal razão para a perda de leads

A nutrição de leads é uma prática que visa fortalecer o relacionamento entre empresa e cliente, porém é preciso ter cuidado com a quantidade de e-mails enviados e entender qual é o momento ideal para envio. Uma pesquisa realizada por uma empresa americana revelou que 46,4% das pessoas se descrevem de newsletters quando recebem muitos e-mails. 

Porque é importante ter cuidado com a frequência

A perda de um contato para a sua concessionária pode significar a perda de um cliente. Entender o percurso do seu cliente e a forma como ele se envolve com a sua concessionária é essencial para entender qual o melhor momento de abordagem para mantê-lo engajado. 

3- Comprar listas de e-mails 

Comprar listas desqualifica sua base e prejudica a reputação da sua conta

Quantidade não quer dizer qualidade. A antiga ideia de que comprar listas de e-mail para o mercado é a forma correta de conquistar leads é equivocada. Quando você compra contatos, você está gastando recursos para alcançar um grande número de pessoas que  não estão interessadas no produto ou serviço da sua concessionária. 

Os riscos de comprar listas para sua conta 

Esse tipo de estratégia coloca sua conta em risco, pois mais do que estar trabalhando com uma base desengajada, sua reputação pode ser prejudicada por marcações como spam que podem resultar no encerramento da conta. 

Um estudo publicado em 2021 por uma empresa de verificação de e-mails sobre a qualidade de bases no Brasil, revelou que a taxa atual de e-mails inválidos é de  22,8%, um aumento de 17% em comparação ao ano anterior. A pesquisa indicou que entre os motivos para esta alta está a reativação de bases antigas, inativas e compra de listas. 

Vale ressaltar que os e-mails inválidos estão relacionados aos e-mails de risco que podem te trazer prejuízo pelo fato de estarem dentro da sua lista como spamtraps (armadilhas de spam), e-mails descartáveis ou temporários. 

Além disso, os provedores de e-mails estão cada vez mais rígidos com filtros que protegem seus usuários de e-mails maliciosos com linguagem suspeitas, remetentes falsos e blacklists. 

A Lead Force, recomenda o Mailtop, uma ferramenta  de marketing digital especializada em disparo de campanhas e e-mail marketing. Desenvolvida com foco no mercado automotivo, ela possui funcionalidades específicas para atender as necessidades do setor. O Mailtop vai te ajudar a qualificar seus e-mails e configurar o SPF (sender policy framework) e outras regras de envio, garantindo a entregabilidade do seu conteúdo. 

4- Não destacar o Call to Action 

Seu e-mail precisa de um Call to Action claro para guiar o lead até a conversão

Todo envio de e-mail marketing deve ter um objetivo. Qual é o seu? Informar o cliente sobre um lançamento, promover sua concessionária, anunciar uma promoção, vender um produto ou serviço? Independentemente de qual seja seu alvo, você deve ter um Call to Action (CTA), como um botão ou link com uma chamada clara para ação que você deseja. 

Destacar o Call to Action guia o cliente até o objetivo 

É importante que toda a composição do e-mail marketing guie o usuário até o Call to Action, mas é indispensável que você tenha um CTA fácil de encontrar. Sua chamada de ação tem que chamar atenção por meio de cores, formato de texto e botões grandes. É preciso destacar o CTA do restante do conteúdo com palavras claras que mostram a sua proposta de valor. Se o objetivo é converter uma venda, destaque as vantagens do seu produto, desperte o interesse e a urgência para seu cliente aproveitar a oportunidade. 

5- Não criar fluxos de automação

Com fluxos de automação, você pode acompanhar seus leads em cada etapa do funil de conversão

Pensar em toda construção estratégica de conteúdo, mas não se preocupar em como ele será consumido é um erro. Cada lead é único e está em um estágio específico no funil de marketing. Para conduzir o lead até a conversão, é preciso estreitar o relacionamento e isso só é possível com a criação de fluxos de automação. 

Garanta que seus leads serão nutridos 

Com os fluxos de automação, é possível personalizar a comunicação para cada etapa do funil. Para um novo visitante, você pode fazer um contato de boas-vindas, para quem abandonou um produto no carrinho, você pode recuperar enviando um lembrete ou promoções e muito mais. 

Apesar de existirem muitos meios de comunicação, o envio de e-mails ainda é uma das principais ferramentas utilizadas no marketing digital e no inbound marketing. Isso acontece porque os e-mails são versáteis, práticos e podem ser automatizados. Use fluxos de automação de e-mails para manter sua base nutrida e aquecida e criar um relacionamento duradouro com seus clientes. 

Como prevenir erros com Mailtop 

Para te ajudar a gerenciar seus contatos, segmentar sua base e entender qual é o melhor momento para enviar uma campanha, o Mailtop conta com uma linha do tempo exclusiva em que você pode cadastrar um contato com informações ilimitadas. Desta forma, é possível personalizar sua campanha conforme as preferências de seus clientes. 

Você ainda consegue mensurar resultados e quantificar o envolvimento do cliente com a sua marca, tanto na automação quanto no e-mail marketing por meio do Lead Scoring. Assim, é possível customizar a experiência do seu lead observando o estágio de compra ou nível de engajamento com a sua concessionária e identificar qual é o melhor momento para, por exemplo, propor uma compra ou oferecer um serviço de revisão. 

Além dos fluxos de automação, há diversas opções de templates e banco de imagens gratuitas, compatíveis com todos os dispositivos móveis. 



       

Receba o nosso conteúdo